O Cuidar Do Doente: Reflexão Histórica E Bioética Da Visão De Camilo De Lellis E Florence Nightingale – Maria Rita De Cassia Fernandes

Acessar

Resumo:

Este estudo foi uma pesquisa bibliográfica sobre o cuidar do doente na reflexão histórica e bioética da visão de Camilo de Lellis e Florence Nightingale. Teve o objetivo de descrever características do cuidado do doente para Camilo de Lellis, nos séculos XVI e início do XVII, e Florence Nightingale, nos séculos XIX e início do XX, bem como identificar diferenças e semelhanças do cuidado do doente na visão destes precursores da Enfermagem e por fim analisar em uma reflexão bioética as atitudes percebidas na prática do cuidar do doente preconizada por ambos. As fontes de consultas foram: livros, artigos científicos e não científicos, websites, Bíblia Sagrada e tese, selecionados por meio dos seguintes unitermos: Bioética, Espiritualidade, Florence Nightingale, Enfermagem, Assistência ao doente e Camilo de Lellis. O propósito do estudo foi atendido pela consulta de 63 publicações, em que se encontraram as diferenças e semelhanças entre a vida e obra de Camilo de Lellis e Florence Nightingale. Estas centraram-se em um contexto biográfico, na relação da saúde pessoal, no reconhecimento de uma vocação e nas ações e características do cuidado para com o enfermo, atendendo ao objeto do estudo. Nas ações para o cuidado do doente suas trajetórias históricas e premissas foram diferentes. Camilo viveu em plena idade renascentista (1550 – 1614) e pregou o cuidado intuitivo-empírico, com base na caridade cristã para atender aos doentes, com compaixão e amor a exemplo da ação samaritana de Jesus. Florence, na idade contemporânea (1820 – 1910), transformou o cuidado intuitivo-empírico em cuidado científico, embasada nos estudos realizados em diversos países, e preocupou-se em oferecer assistência aos soldados feridos na guerra da Criméia para reduzir a mortalidade que os afligia com freqüência, procurando comprovar estatisticamente os resultados obtidos, bem como cuidar do lado emocional e espiritual dos mesmos. Tiveram igual proposta para o cuidado do doente, dando ênfase a fazê-lo por pessoas dedicadas, sem o recebimento de recompensa financeira, com sensibilidade feminina, junto ao enfermo e cuidando-o com uma visão holística, em um ambiente limpo e organizado. Ao considerar o conjunto de informações obtidas pelo presente estudo, descobriu-se que a relação do cuidado do doente e preparo do enfermeiro, demonstram claramente que as ações praticadas por Florence Nightingale, não enfatizam as já idealizadas e empregadas por Camilo de Lellis, dois séculos antes. Em suas obras deixaram transparecer sua preocupação com a dignidade, o respeito e a humanização nas ações para o cuidado desenvolvidas junto às pessoas, bem como a intenção de perpetuá-los. Estes valores, hoje, fazem parte explicitamente da ética da vida, permeados por direitos humanos e discutidos através da Bioética. A presente pesquisa gerou algumas reflexões que poderão contribuir na formação de futuros profissionais que cuidam de seres humanos vulnerabilizados pela doença.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: CUSC/BIOÉTICA
  • Área de Conhecimento: ÉTICA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 401.58 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Cuidar Do Doente: Reflexão Histórica pdf
  • livro O Cuidar Do Doente: Reflexão Histórica baixar
  • livro O Cuidar Do Doente: Reflexão Histórica epub
  • livro O Cuidar Do Doente: Reflexão Histórica comprar
  • livro O Cuidar Do Doente: Reflexão Histórica online
  • livro O Cuidar Do Doente: Reflexão Histórica mobi
  • livro O Cuidar Do Doente: Reflexão Histórica download