O Cotidiano Da Mulher Após A Histerectomia À Luz Do Pensamento De Martin Heidegger – Ana Maria De Oliveira Salimena

Acessar

Resumo:

Este estudo de natureza qualitativa teve como objeto o cotidiano de mulheres após a histerectomia. Neste sentido foi utilizada a abordagem fenomenológica como método de pesquisa e o pensamento de Martin Heidegger como referencial teóricometodológico. Foram depoentes 25 mulheres submetidas à histerectomia, sendo que a entrevista fenomenológica ocorreu num tempo variado de quatro a dezenove meses após o procedimento cirúrgico. A análise interpretativa em seu primeiro momento metódico, da compreensão vaga e mediana, permitiu a construção de oito unidades de significação: os problemas que determinam a cirurgia são relembrados, a decisão do tratamento é/foi do médico, a rotina do acompanhamento de saúde é obedecida, houve necessidade de ajuda no domicílio, o retorno às atividades do lar e de trabalho foi gradativo, ocorreram probleminhas que determinaram idas e vindas ao hospital, houve melhoras, mas ainda há queixas, a atividade sexual foi considerada. A compreensão interpretativa, segundo momento metódico, desvelou à luz do pensamento de Heidegger que o cotidiano da mulher após a histerectomia se expressa num movimento que transita da inautenticidade para o indicativo de propriedades e impropriedades que mostra a autenticidade pela decisão, porém não desenvolve o movimento da angústia hedeggeriana. A mulher indicou que, no período que antecede a cirurgia, está no modo de ser da cotidianidade, dominada pelo temor de estar sangrando e sentindo dor. Entretanto é no dia-a-dia, após a intervenção, que se compreende sendo-aí-com-os-outros e se desvela, frente a propriedades e impropriedades, mostrando-se como ser de possibilidades num mundo próprio. Há, dentre os sentidos desvelados, pelo menos três que, diretamente, contribuem para a melhoria da qualidade da assistência frente às atuais políticas públicas de saúde da mulher. Estes sentidos revelaram que na dinâmica assistencial às condições de busca da mulher pelo serviço de saúde, o preparo para a alta hospitalar e a alta propriamente dita, e ainda, as rotineiras orientações de abstinência sexual determinada pelo pós-operatório devem ser considerados a partir da subjetividade da mulher que será submetida à histerectomia.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRJ/ENFERMAGEM
  • Área de Conhecimento: ENFERMAGEM
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 366.37 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Cotidiano Da Mulher Após A pdf
  • livro O Cotidiano Da Mulher Após A baixar
  • livro O Cotidiano Da Mulher Após A epub
  • livro O Cotidiano Da Mulher Após A comprar
  • livro O Cotidiano Da Mulher Após A online
  • livro O Cotidiano Da Mulher Após A mobi
  • livro O Cotidiano Da Mulher Após A download