O Corpo Em Nietzsche A Partir De Uma Leitura Da Genealogia Da Moral – Verônica Pacheco De Oliveira Azeredo

O Corpo Em Nietzsche A Partir De Uma Leitura Da Genealogia Da Moral – Verônica Pacheco De Oliveira Azeredo
Acessar

Resumo:

A presente dissertação tem como objetivo analisar a perspectiva nietzschiana sobre o corpo; para compreender a relação do homem contemporâneo com seu corpo; buscando esclarecer o entendimento estético do corpo hoje. A pesquisa tem como ponto de partida a Genealogia da Moral. Inicialmente; é apresentada a reflexão socrático-platônico; que perpassa o pensamento ocidental e se fundamenta nas concepções dualistas; que privilegiam a alma e desvaloriza o corpo; que é considerado como parte inferior. Em um segundo momento; investiga-se a interpretação de Nietzsche acerca do corpo; que se contrapõe a essa interpretação; afirmando que as análises dualistas possuíam interesses religiosos e morais; além de contribuírem para a negação do corpo. Para o filósofo; o corpo é considerado o fio condutor para a análise de quaisquer questões filosóficas e o erro da filosofia tradicional foi a exclusão do corpo. Portanto; o corpo deve ser afirmado; pois se apresenta como uma vivência. Finalmente; é focalizada a arte em Nietzsche; sua relação com o corpo; a existência e o processo de criação. Nietzsche afirma que o corpo revela os instintos fundamentais da natureza; qualquer pensamento ou doutrina que negue; desqualifique ou desconsidere a relação intrínseca entre os instintos; a natureza; a força; a saúde e a vida; são consideradas antinaturais e decadentes. É; portanto; necessário reconhecer o corpo; pois é nele e com ele que o ser humano se relaciona; interpreta; cria e vive no mundo. Analisou-se o conceito de corpo na contemporaneidade com o intuito de demonstrar que; embora exista um apelo pelo belo; esse corpo é tratado como coisa; como mercadoria. Por trás de um discurso favorável à beleza; à saúde e ao cuidado; permanentemente; estão ocultos interesses; principalmente o econômico. No culto ao corpo; se revelam ideologias políticas; econômicas; éticas e estéticas. Daí; inferimos que o corpo do homem contemporâneo recebe um tratamento ambíguo; pois é valorizado e mostrado; mas termina por ser explorado; violentado e banalizado. Conclui-se; portanto; que a estética e a ética não são desvinculadas da sociedade e; em cada época; a cultura educa os corpos; adaptando-os para empregos distintos; comprovando; pois; o pensamento de Nietzsche.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFOP/ESTÉTICA E FILOSOFIA DA ARTE
  • Área de Conhecimento: FILOSOFIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 796.49 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Corpo Em Nietzsche A Partir pdf
  • livro O Corpo Em Nietzsche A Partir baixar
  • livro O Corpo Em Nietzsche A Partir epub
  • livro O Corpo Em Nietzsche A Partir comprar
  • livro O Corpo Em Nietzsche A Partir online
  • livro O Corpo Em Nietzsche A Partir mobi
  • livro O Corpo Em Nietzsche A Partir download