O Corpo Anoréxico: Dos Abusos Midiáticos Às Experiências De Novos Processos Comunicativos – Juliana Costa Ribeiro

Acessar

Resumo:

O aumento dos casos de distúrbio alimentar nas últimas décadas vem atraindo a atenção de estudiosos do corpo em diversas áreas de conhecimento. Atualmente; a mídia e a moda enfatizam a necessidade de a mulher ter um corpo magro e jovem. Associam a esse padrão estético a felicidade; a riqueza; a saúde e o sucesso. A exigência do corpo magro é mais presente em grupos sociais que vivem conectados às informações que circulam em larga escala pelo mundo. O medo da rejeição é normalmente apontado como causa imediata para essa ação radical. Nesta pesquisa; o objetivo principal é analisar como se dão os processos de comunicação do corpo anoréxico com o seu ambiente e as possíveis modificações; ao vivenciar práticas corporais como a técnica Vianna. Trabalharemos com a hipótese de que pessoas com anorexia vivem sob o paradigma da dualidade mente/corpo; levando às últimas consequências o controle da primeira sobre o segundo. Para entender o sintoma da distorção dos mapas corporais no cérebro; analisamos os estudos do neurocientista António Damásio (1995) e o conceito de mente entranhada dos americanos Lakoff e Johnson (1999). Apresentamos; em seguida; dados históricos acerca de um surto de anorexia ocorrido na Idade Média; hoje conhecido por anorexia santa; e a anorexia nervosa da atualidade; a fim de discorrer sobre a dualidade mente/corpo espírito/matéria presente nos dois casos. Para tanto; discutiremos também o fenômeno dos abusos midiáticos em anúncios publicitários; jornais; livros; televisão e internet; ao qual é atribuída uma relação de causalidade com a anorexia nervosa contemporânea. Como fundamentação teórica; estudamos as pesquisas de Katz e Greiner (2005) sobre o corpomídia; que propõe o corpo como mídia primária da comunicação; a de Gail Weiss (1999); acerca da formulação de imagens corporais; a de Paul Churchland (2004); que mapeou as diversas modalidades de dualismos cartesianos; e as pesquisas teóricas das brasileiras Letícia Teixeira (2008) e Neide Neves (2008) sobre a técnica Vianna; que ajudou a esclarecer a proposição de que uma abordagem a partir do corpo pode ajudar uma anoréxica a dissolver essa dicotomia mente/corpo. Para o corpus da pesquisa; selecionamos dois grupos de pessoas para observação. O primeiro é composto por pessoas que já tiveram anorexia e conseguiram reverter o quadro e o segundo; por pessoas que estão anoréxicas atualmente e que; além do acompanhamento médico; praticam a técnica Vianna. O trabalho de campo vem sendo realizado desde setembro de 2007. Como resultado; esta pesquisa propõe desviar o foco da discussão a respeito da anorexia; normalmente voltado para as pressões culturais ou para análises psicanalíticas; uma vez que analisa essa doença como resultado da radicalização da dualidade mente/corpo. Tal separação questiona a natureza do corpo como um corpomídia e; uma vez salientada de maneira abusiva pela mídia impressa e televisa; camufla o distúrbio como um fenômeno comunicacional de massa; dificultando ainda mais a compreensão e o tratamento de cada caso particular.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: PUC/SP/COMUNICAÇÃO E SEMIÓTICA
  • Área de Conhecimento: COMUNICAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 566.15 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Corpo Anoréxico: Dos Abusos Midiáticos pdf
  • livro O Corpo Anoréxico: Dos Abusos Midiáticos baixar
  • livro O Corpo Anoréxico: Dos Abusos Midiáticos epub
  • livro O Corpo Anoréxico: Dos Abusos Midiáticos comprar
  • livro O Corpo Anoréxico: Dos Abusos Midiáticos online
  • livro O Corpo Anoréxico: Dos Abusos Midiáticos mobi
  • livro O Corpo Anoréxico: Dos Abusos Midiáticos download