O Conhecimento Científico Em Turismo No Brasil: Cursos De Pós- Graduação (Stricto Sensu) – Período De 2000 A 2006 – Christiane Fabíola Momm

Acessar

Resumo:

Estudo que objetiva investigar a institucionalização científica do campo de estudo do Turismo e áreas correlatas no Brasil, a partir das referências bibliográficas das dissertações produzidas em quatro Programas de Pós-Graduação, no período de 2000 a 2006. Os objetivos específicos são: recuperar as referências bibliográficas das dissertações em Turismo e áreas correlatas defendidas no Brasil, junto aos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu recomendados pela CAPES, a partir das bases de dados e dos documentos de área, no período 2000 a 2006, representar por meio de gráficos e mapas de visualização de conteúdo, a evolução do conhecimento científico produzido sobre Turismo e áreas correlatas no Brasil, no período de 2000 a 2006, analisar a produção científica sobre Turismo desenvolvida nos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Turismo e áreas correlatas, por meio de métodos e técnicas bibliométricas e cienciométricas, interpretar as representações geradas à luz de políticas de C&T da área de Turismo. Caracteriza-se como estudo exploratório, descritivo, qualitativo, apoiado nas ferramentas, técnicas e métodos bibliométricos e cienciométricos. O corpus é constituído de 334 referências bibliográficas, organizadas com base nas dissertações, e classificadas conforme o Tesauro de Turismo do Centro de Documentação Turística da Espanha, sendo 151 referentes à Universidade do Vale do Itajaí/SC, 97 referentes à Universidade Anhembi-Morumbi/SP, 59 referentes à Universidade Caxias do Sul/RS e 27 referentes ao Centro Universitário Una/MG. As análises das representações gráficas pautadas nas bases teóricas geraram os seguintes resultados: a institucionalização social do campo aponta instabilidade na estrutura dos programas, sinalizando as oscilações no total de docentes e das linhas de pesquisa existentes no período de 2000 a 2006. Sobre a institucionalização cognitiva do campo de estudo, sinaliza-se que há alto grau de dispersão quanto à aderência de docentes nas linhas de pesquisa, quanto às classes temáticas e linhas de pesquisa do programa de mestrado em Turismo e Hotelaria da Univali/SC, e quanto às classes temáticas e linhas de pesquisa de todos os programas. Demonstra a relação hierárquica entre os termos genéricos em todos os seus nivelamentos e aponta as áreas do conhecimento que dialogam com o campo de estudo. Finaliza com as considerações que reforçam os indícios de institucionalização social, mas, pelo fato dos indícios de institucionalização cognitiva do campo de estudo se apresentarem ainda de forma extremamente incipientes, sinalizam para reflexões acerca do desenvolvimento científico do Turismo no Brasil.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSC/CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
  • Área de Conhecimento: CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 761.74 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Conhecimento Científico Em Turismo No pdf
  • livro O Conhecimento Científico Em Turismo No baixar
  • livro O Conhecimento Científico Em Turismo No epub
  • livro O Conhecimento Científico Em Turismo No comprar
  • livro O Conhecimento Científico Em Turismo No online
  • livro O Conhecimento Científico Em Turismo No mobi
  • livro O Conhecimento Científico Em Turismo No download