O Conceito Kantiano De Mal Radical E O Resgate Da Disposição Originária Para O Bem – Letícia Machado Pinheiro

Acessar

Resumo:

A presente Dissertação é uma reconstrução do conceito de mal radical (Radicale Böse) tratado por Kant em seu artigo Sobre o mal radical na natureza humana (Über das radicale Böse in der menschlichen Natur); publicado em 1792. A partir dos dados desse texto o que se fez foi explicitar em que termos Kant aborda tanto a questão do mal moral propriamente dito (concebido posteriormente como radical); como também a da possibilidade de um progresso humano no que tange à moralidade. Nessa tratativa; Kant introduz algumas noções que são exclusivas à problemática do mal; entre elas; o conceito de intenção (Gesinnung); as noções de propensão para o mal (Hang zum Bösen) e de disposição para o bem (Anlage zum Guten); também as idéias de revolução e de reforma gradual (como meios de se alcançar o progresso moral); e; enfim; uma nova definição de natureza. Embora se sirva de termos exclusivos; o artigo sobre o mal mantém muitas das noções básicas desenvolvidas por Kant em obras anteriores. Daí porque a Dissertação não se restringe ao artigo Sobre o mal radical; mas se estende por outras obras em busca de recorrências feitas com dois objetivos bem precisos: um; elucidativo; em que se apresenta questões já plenamente consolidadas na filosofia kantiana; outro; comparativo; seja em relação a termos que adquiriram um sentido distinto; seja em vista de alterações propositivas; repensadas diante de um novo contexto e submetidas a uma nova configuração. Esse é o horizonte que esta Dissertação busca reconstruir e dentro do qual se insere. Relativo à questão do mal (e de seu qualificativo de radical); várias outras questões são tratadas de modo específico; por exemplo; a origem do mal; a imputabilidade do homem pela sua existência; as noções de virtude (concebidas tanto no domínio moral quanto no campo legal); o conceito de ação viciosa; a idéia de uma educação moral e; além dela; a função da religião como fomentadora e mantenedora de uma boa conduta moral. Essas questões; na medida do possível; foram harmonizadas entre si e reconstruídas pelo ponto de vista próprio da filosofia de Kant: o crítico-sistemático.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSM/FILOSOFIA
  • Área de Conhecimento: FILOSOFIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 557.09 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Conceito Kantiano De Mal Radical pdf
  • livro O Conceito Kantiano De Mal Radical baixar
  • livro O Conceito Kantiano De Mal Radical epub
  • livro O Conceito Kantiano De Mal Radical comprar
  • livro O Conceito Kantiano De Mal Radical online
  • livro O Conceito Kantiano De Mal Radical mobi
  • livro O Conceito Kantiano De Mal Radical download