O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa Experimental E Na Terapia Comportamental Da Depressão – Darlene Cardoso Ferreira

O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa Experimental E Na Terapia Comportamental Da Depressão – Darlene Cardoso Ferreira
Acessar

Resumo:

A Análise do Comportamento oferece diversas explicações para o fenômeno denominado depressão, uma das quais envolve a referência ao modelo do desamparo aprendido. O desamparo aprendido é definido como a dificuldade de aprendizagem resultante da exposição a estímulos aversivos incontroláveis. Como produtos desta exposição, surgiriam padrões comportamentais comuns àqueles observados em indivíduos depressivos, a exemplo de inatividade. Em razão do paralelo entre os efeitos da experiência com incontrolabilidade sobre o repertório comportamental em humanos e não-humanos, o desamparo aprendido tem sido apontado como um modelo animal de depressão. Frequentemente, menções à experiência com incontrolabilidade são encontradas na literatura em associação com o desamparo aprendido, cuja ocorrência é estritamente vinculada àquela condição. A incontrolabilidade também parece relevante para a instalação de respostas identificadas com a depressão. No presente trabalho, descrevem-se as definições de incontrolabilidade referidas por publicações da área comportamental experimental e clínica, discutindo-se a pertinência deste conceito em explicações funcionais da depressão na Análise do Comportamento, bem como suas possíveis contribuições para um modelo de intervenção clínica da depressão à luz desta abordagem. A relação entre incontrolabilidade e depressão é tratada a partir de cinco categorias de análise: 1) Variabilidade de fenômenos investigados, de resultados produzidos e de definições oferecidas, 2) Efeitos diferenciais da incontrolabilidade frente a estímulos aversivos e apetitivos, 3) Enfoques transversais das variáveis relevantes: instaladoras x mantenedoras, históricas x atuais, exclusivas x sobrepostas a outros fenômenos, 4) Incontrolabilidade em Humanos: suposições numerosas, evidências empíricas escassas e Contingências Verbais, 5) Tratamento da depressão: pontos de contato e de distanciamento frente à investigação empírica. Diferentes usos do conceito de incontrolabilidade são assinalados, indicando-se como a mesma topografia verbal é emitida por diversos autores sob controle de eventos distintos.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFPA/PSICOLOGIA (TEORIA E PESQUISA DO COMPORTAMENTO)
  • Área de Conhecimento: PSICOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 1.06 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa pdf
  • livro O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa baixar
  • livro O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa epub
  • livro O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa comprar
  • livro O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa online
  • livro O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa mobi
  • livro O Conceito De Incontrolabilidade Na Pesquisa download