O Choque Das Instituições: A Cultura Escolar No Interior Do Sistema Socioeducativo Do Rio De Janeiro – Marcos Antonio Da Costa Santos

O Choque Das Instituições: A Cultura Escolar No Interior Do Sistema Socioeducativo Do Rio De Janeiro – Marcos Antonio Da Costa Santos
Acessar

Resumo:

A presente dissertação discute a formação de uma cultura escolar em espaços de privação de liberdade. O campo da pesquisa é uma das escolas públicas que funcionam no interior do sistema sócio-educativo do Rio de Janeiro, o Colégio Estadual Padre Carlos Leôncio da Silva. Apresenta uma perspectiva histórica das instituições destinadas à internação de crianças e jovens. Realiza uma análise das condições do sistema sócio-educativo no Brasil de hoje e um perfil geral dos jovens em conflito com a lei. Discute-se a participação dos jovens internos na configuração dessa cultura escolar e as relações que são travadas entre as duas instituições, a escola e o sistema sócioeducativo, envolvidas no processo de escolarização. Apresenta os mecanismos de institucionalização dessa cultura através do projeto político-pedagógico e as representações que os internos possuem da escola. Caracteriza a instituição sócio-educativa como uma instituição total que disputa o caráter disciplinar com a escola, impondo a ela o seu funcionamento e infligindo dificuldades de modo a evitar que as atividades educacionais interferiram na dinâmica disciplinarepressão. A pesquisa desenvolvida é de base qualitativa, voltada para os sujeitos do processo educacional: alunos e professores. Contudo, foi dada prioridade à voz dos jovens internos sobre uma das instituições mais significativas de nossa sociedade moderna: a escola. A interação dos internos nas atividades pedagógicas é analisada, atentando para as suas manifestações orais e escritas. As produções dos jovens dentro do rígido sistema de vigilância da instituição, como as engenhocas e os rap’s, são entendidas como componentes importantes do mundo cultural desenvolvido pelos jovens no interior da unidade. Essa cultura que se desenvolve no meio social dos internos demonstra, por um lado, a importância do papel desempenhado pela escola do sistema sócio-educativo, como um canal para a expressão criativa dos jovens. Por outro lado, é um indicador de que a privação de liberdade no sistema sócio-educativo do Rio de Janeiro reproduz vícios do sistema penitenciário, já que as produções dos internos estão sujeitas a restrições equivalentes ao sistema prisional. As práticas institucionais da unidade de internação perpetuam o imaginário de segregação e criminalização da juventude pobre, anulando todo o paradigma de direitos trazidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRJ/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 2.33 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Choque Das Instituições: A Cultura pdf
  • livro O Choque Das Instituições: A Cultura baixar
  • livro O Choque Das Instituições: A Cultura epub
  • livro O Choque Das Instituições: A Cultura comprar
  • livro O Choque Das Instituições: A Cultura online
  • livro O Choque Das Instituições: A Cultura mobi
  • livro O Choque Das Instituições: A Cultura download