O Caráter Formativo Da Avaliação Nas Práticas Avaliativas Da Gestão Da Atenção Básica De Piraí/Rj: O Cotidiano Dos Atores Na Perspectiva Da Integralidade – Valeria Marinho Nascimento Silva

O Caráter Formativo Da Avaliação Nas Práticas Avaliativas Da Gestão Da Atenção Básica De Piraí/Rj: O Cotidiano Dos Atores Na Perspectiva Da Integralidade – Valeria Marinho Nascimento Silva
Acessar

Resumo:

Nascimento-Silva VM. O caráter formativo da avaliação nas práticas avaliativas da gestão da Atenção Básica de Piraí/RJ: o cotidiano dos atores na perspectiva da integralidade [dissertação]. Rio de Janeiro: Universidade Federal Fluminense, Instituto de Saúde da Comunidade, 2010. Nos últimos anos, o Ministério da Saúde tem investido na institucionalização da avaliação da Atenção Básica. Nesse contexto, apontamos uma diversidade de abordagens avaliativas no país: daquelas delineadas conforme o paradigma positivista às novas práticas avaliativas, estas consideradas emancipatórias e participativas. Buscamos compreender a potencialidade de tais abordagens produzirem aprendizagem e desenvolverem a autonomia dos profissionais que dela participam. Analisamos o caráter formativo da avaliação nas práticas avaliativas da gestão da Atenção Básica de Piraí/RJ a partir do estudo das práticas cotidianas dos atores à luz da integralidade. Partimos de pressupostos teóricos baseados nas práticas avaliativas amistosas à integralidade, no significado formativo das práticas de saúde e nos estudos de Paulo Freire, e construímos um arcabouço teórico referente ao que denominamos caráter formativo da avaliação. Optamos pelo estudo de caso único, explanatório e longitudinal, com emprego da análise de conteúdo temática. Utilizamos bases empíricas de pesquisas anteriores do LAPPIS, dos anos de 2005, 2007 e 2008, no município de Piraí, e construímos uma matriz com as categorias analíticas aprendizagem, participação e práticas avaliativas/instrumentos e sistemas de informação. Entre os resultados, destacamos a predominância de práticas avaliativas oriundas de instrumentos de planejamento e sistemas de informação do SUS, além de outras construídas localmente, como o Caderno do Seminário. Em sua maioria, tais práticas são quantitativas, sendo sustentadas pelo saber da epidemiologia. Também observamos um sistema de gestão participativo, com espaços específicos para a realização de avaliações, como os seminários anuais e trimestrais. Concluímos que a partir do arranjo de espaços de participação, dos sujeitos e das práticas avaliativas, trabalhadores, gestores e conselheiros problematizam a realidade do município, transformando-a e se transformando por meio da práxis, o que resulta num movimento mútuo de aprendizagem. Isso permite o desenvolvimento do que definimos como caráter formativo da avaliação. Tal processo contribui para o fortalecimento da autonomia dos sujeitos e do sistema de saúde. Por fim, apontamos a necessidade de Piraí evoluir para um mix de abordagens quantitativas e qualitativas na avaliação dos serviços de saúde, para haver melhor compreensão dos objetos avaliados.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFF/SAÚDE COLETIVA
  • Área de Conhecimento: SAÚDE COLETIVA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 1.19 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Caráter Formativo Da Avaliação Nas pdf
  • livro O Caráter Formativo Da Avaliação Nas baixar
  • livro O Caráter Formativo Da Avaliação Nas epub
  • livro O Caráter Formativo Da Avaliação Nas comprar
  • livro O Caráter Formativo Da Avaliação Nas online
  • livro O Caráter Formativo Da Avaliação Nas mobi
  • livro O Caráter Formativo Da Avaliação Nas download