O Capital Comunitário E A Ppc: A Participação Pública, Privada E Comunitária Na Construção Da Economia Local – Sebastião Sibá Machado Oliveira

O Capital Comunitário E A Ppc: A Participação Pública, Privada E Comunitária Na Construção Da Economia Local – Sebastião Sibá Machado Oliveira
Acessar

Resumo:

Nosso trabalho tem como objetivo abordar sobre o movimento social do campesinato acriano na fase da “Luta na Terra”, especialmente após a conquista de cerca de 30% do território do Estado para as diversas modalidades de assentamentos de Reforma Agrária liderados pelo MSTR, na década de 1970, e pelo CNS, a partir da segunda metade da década de 1980. Buscamos compreender se a PPC pode ser entendida como sendo “o novo empate” do campesinato ante o capital industrial ora em fase de instalação no Acre, se as organizações comunitárias, ao assumirem as PPCs, podem ser entendidas como um passo a mais do que hoje se conceitua como “Capital Social” e podendo ser entendida como “Capital Comunitário”, e se o capital comunitário pode ser entendido como sendo a nova forma de “Luta na Terra” do campesinato com terra. As lutas no campo se deram através dos empates contra o desmatamento e queima de florestas para o plantio de pastagens e, principalmente, para conquistar o direito de posse, até então negado pelo poder de Estado e pelo latifúndio. Em 1999, a coalizão política intitulada Frente Popular do Acre, liderada pelo Partido dos Trabalhadores, assume o governo do Estado e se autointitula como “Governo da Floresta”, e sua visão de sociedade de “Florestania” entendendo isto como uma reprodução dos signos das lutas do campesinato lideradas por Chico Mendes e Wilson Pinheiro “num novo empate” contra o modelo econômico que estava em curso no Acre. O Governo da Floresta passou a investir nas bases para a industrialização do Estado abrindo facilidades para a entrada de empresas e capitais de outras partes do país. Como alternativa a isso, o campesinato através do cooperativismo tem lutado para também assumir os empreendimentos disponibilizados pelo governo numa parceria chamada de PPC. A PPC nos parece então um importante método de organização produtiva através das cooperativas e uma etapa inevitável do campesinato na conquista de seu espaço socioeconomico na fase da industrialização do Acre. Para maior clareza sobre o tema, analisamos as cooperativas Agroaves, Cooperacre, Cooperfloresta e Coopel, como os exemplos mais interessantes de PPC no Acre.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFAC/DESENVOLVIMENTO REGIONAL
  • Área de Conhecimento: INTERDISCIPLINAR
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 30.78 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Capital Comunitário E A Ppc: pdf
  • livro O Capital Comunitário E A Ppc: baixar
  • livro O Capital Comunitário E A Ppc: epub
  • livro O Capital Comunitário E A Ppc: comprar
  • livro O Capital Comunitário E A Ppc: online
  • livro O Capital Comunitário E A Ppc: mobi
  • livro O Capital Comunitário E A Ppc: download