O Caldo Na Panela De Pressão: Um Olhar Etnográfico Sobre O Presídio Para Mulheres Em Florianópolis – Mirella Alves De Brito

O Caldo Na Panela De Pressão: Um Olhar Etnográfico Sobre O Presídio Para Mulheres Em Florianópolis – Mirella Alves De Brito
Acessar

Resumo:

A pesquisa descreve as práticas sociais no Presídio Feminino de Florianópolis; SC. O presídio corresponde a uma das unidades prisionais do sistema penitenciário de Santa Catarina; único exclusivo para a detenção de mulheres. A pesquisa perseguiu o objetivo de identificar como se organizam as mulheres presas em Florianópolis; como se relacionam e que práticas coletivas são encenadas nesse contexto. A população de mulheres presas envolvidas na pesquisa foi; inicialmente; de 36 mulheres; que haviam sido julgadas e receberam sentença de reclusão em regime fechado. Entretanto; ao longo do trabalho de campo esse número foi se modificando e foi possível conhecer em torno de 100 mulheres que passaram pelo presídio no período em que foi realizada a pesquisa. Reconheceu-se que há no Brasil uma incipiente tentativa de dar visibilidade a questões que se incorporam no cotidiano prisional; sobretudo nos presídios para mulheres. Três autoras brasileiras são destaques como inovadoras nessa área: Julita Lemgruber (1983); Iara Ilgenfritz e Bárbara M. Soares (2002). No exterior merece destaque Manuela Ivonne da Cunha (2002); na realização de uma etnografia de um presídio de mulheres em Lisboa/PT. De sorte que; nessa pesquisa foi necessário articular vários entendimentos até que pudéssemos; a partir dos dados etnográficos; identificar que as relações presa/instituição e prisão/violência – embora de extrema relevância – não dão conta de representar o presídio feminino de Florianópolis tal qual é possível percebe-lo: um lugar de convivência e; portanto; de sociabilidades que se sobrepõem muitas vezes às práticas coercitivas ali presentes; legitimadas pela sociedade em geral. Foi identificado que a experiência prisional reedita algumas das práticas já encenadas por essas mulheres; mas dá ênfase a algumas relacionadas ao parentesco; a rituais de iniciação na vida prisional e ao estabelecimento de confiança entre pares. Fundamentalmente; o estudo indica que o fluxo de informações; pessoas; objetos e desejos; se dá de forma a diminuir; ou até mesmo apagar a fronteira entre o dentro e o fora da prisão; mesmo que; em muitos momentos; essa fronteira seja decisiva no destino de cada uma das mulheres que ali se encontram.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSC/ANTROPOLOGIA SOCIAL
  • Área de Conhecimento: ANTROPOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 1.91 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Caldo Na Panela De Pressão: pdf
  • livro O Caldo Na Panela De Pressão: baixar
  • livro O Caldo Na Panela De Pressão: epub
  • livro O Caldo Na Panela De Pressão: comprar
  • livro O Caldo Na Panela De Pressão: online
  • livro O Caldo Na Panela De Pressão: mobi
  • livro O Caldo Na Panela De Pressão: download