O Buldogue De Darwin: A Interconexão Entre Agnosticismo E Evolução Em Thomas Huxley – Gabriel Pereira Porto

O Buldogue De Darwin: A Interconexão Entre Agnosticismo E Evolução Em Thomas Huxley – Gabriel Pereira Porto
Acessar

Resumo:

Auto-intitulado o Buldogue de Darwin, Thomas Huxley ficou bastante conhecido como um fiel defensor do darwinismo, principalmente em âmbito não-especializado. Porém, sua advocacia nesse sentido teve como pano de fundo seu posicionamento filosófico, ao qual denominou cunhando o termo agnosticismo. Esse termo é comumente mal-interpretado e utilizado de forma inadequada, muitas vezes sendo entendido como um posicionamento religioso intermediário entre o deísmo e o ateísmo. Tal perspectiva está totalmente em desacordo com aquilo que Huxley tinha em mente quando cunhou o termo em uma reunião da extinta Metaphysical Society, onde, fortemente apoiado pelas filosofias de David Hume e Imannuel Kant, buscou exprimir sua posição perante os assuntos ali debatidos. O Agnosticismo é melhor compreendido como uma posição filosófica que defende a suspensão de juízo em relação a assuntos que transcendem à experiência, isto é, como uma reivindicação sobre as limitações e o escopo das faculdades cognitivas humanas. Ele deve ser utilizado como uma espécie de princípio de parcimônia epistemológico, que nega a validade a proposições sobre entidades que são em princípio inobserváveis. Obviamente um personagem que sustentava tal posição se sentiu bastante atraído por uma explicação totalmente naturalística acerca da história da vida na Terra, como aquela proposta por Charles Darwin em “A Origem das Espécies”. Embora tivesse ressalvas sobre alguns pontos da teoria de Darwin, como o gradualismo e o mecanismo de seleção natural, Huxley, de um modo geral, estava em perfeita sintonia com a visão darwiniana. E Darwin, por sua vez, também estava em sintonia com o posicionamento filosófico de Huxley, e este servia perfeitamente como suporte para a aceitação de sua teoria, principalmente em relação ao público geral. Buscaremos portanto demonstrar a intrínseca relação existente entre o agnosticismo de Huxley e a teoria darwiniana da evolução. Embora fossem muito amigos, as defesas de Huxley à teoria darwiniana foram totalmente isentas de motivações extra-científicas. Será defendida também a ideia de que o agnosticismo, tal como Huxley o compreendia, enquanto um naturalismo epistemológico, leva inevitavelmente à uma visão evolutiva sobre a origem das espécies biológicas e as características apresentadas por elas. De modo semelhante, a revolução científica e cultural causada pela teoria darwiniana levou ao agnosticismo ser praticamente um axioma geral do pensamento científico a partir do século XX.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSC/FILOSOFIA
  • Área de Conhecimento: FILOSOFIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 556.12 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O Buldogue De Darwin: A Interconexão pdf
  • livro O Buldogue De Darwin: A Interconexão baixar
  • livro O Buldogue De Darwin: A Interconexão epub
  • livro O Buldogue De Darwin: A Interconexão comprar
  • livro O Buldogue De Darwin: A Interconexão online
  • livro O Buldogue De Darwin: A Interconexão mobi
  • livro O Buldogue De Darwin: A Interconexão download