Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas De Umbuzeiro (Spondias Tuberosa Arr. Cam.) Em Resposta À Calagem E Às Adubações Nitrogenada, Fosfatada E Potássica – Orlando Sílvio Caires Neves

Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas De Umbuzeiro (Spondias Tuberosa Arr. Cam.) Em Resposta À Calagem E Às Adubações Nitrogenada, Fosfatada E Potássica – Orlando Sílvio Caires Neves
Acessar

Resumo:

O umbuzeiro é uma planta típica do sertão e do agreste e tem sua origem no Brasil; mais precisamente na região semi-árida nordestina. O crescimento; a nutrição mineral e os níveis críticos foliares de N; P; K; Ca e Mg; em mudas de umbuzeiro crescidas em vasos contendo amostras do horizonte A de um Latossolo Vermelho distroférrico; foram estudados numa série de quatro experimentos realizados em casa-de-vegetação no Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras. No primeiro experimento estudou-se a resposta das mudas do umbuzeiro à calagem. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado; com quatro repetições e cinco níveis de saturação por bases (20; 40; 60; 80 e 100%); além de um tratamento adicional (solo com saturação por bases natural). Nos demais experimentos adotou-se o delineamento em blocos casualizados; com quatro repetições; em que foram estudados os efeitos das doses de N (0; 35; 70; 140; 280 e 560 mg dm-3); P (0; 30; 60; 120; 240 e 480 mg dm-3) e K (0; 30; 60; 120; 240 e 480 mg dm-3). Os resultados obtidos permitem verificar que a calagem favorece o crescimento das mudas de umbuzeiro e que o nível de saturação por bases de 80% pode ser indicado para o cálculo da necessidade de calagem para a produção de mudas de umbuzeiro em Latossolo Vermelho distroférrico; a faixa crítica de N; P; K; Ca e Mg nas folhas de mudas de umbuzeiros é de 25;72 a 29;48 g kg-1; de 1;52 a 1;91 g kg-1; de 3;40 a 6;04 g kg-1; de 14;56 a 21;80 g kg-1 e de 2;60 a 3;34 g kg-1; respectivamente. A dose de 286 mg dm-3 de N e a de 281 mg dm-3 de P são as que proporcionam o maior acúmulo de matéria seca em mudas de umbuzeiro. Mesmo quando bem nutrido em N e P; o umbuzeiro investe mais na formação do sistema radicular do que na parte aérea. Enquanto para se atingir a máxima produção de folhas a dose de potássio é de 137 mg dm-3; a máxima produção de raízes só acontece na dose de 229 mg dm-3.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFLA/CIÊNCIA DO SOLO
  • Área de Conhecimento: AGRONOMIA
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2005
  • Tamanho: 758.72 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas pdf
  • livro Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas baixar
  • livro Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas epub
  • livro Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas comprar
  • livro Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas online
  • livro Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas mobi
  • livro Nutrição Mineral E Crescimento De Mudas download