Memória E Arte: A (In)Visibilidade Dos Acervos De Museus De Arte Contemporânea Brasileiros – Emerson Dionisio Gomes De Oliveira

Memória E Arte: A (In)Visibilidade Dos Acervos De Museus De Arte Contemporânea Brasileiros – Emerson Dionisio Gomes De Oliveira
Acessar

Resumo:

A presente pesquisa pretendeu compreender como museus de arte contemporânea; vistos como instituições de memória; representam suas coleções – e por fim; algumas vezes; a si mesmos – no intuito de construir um projeto narrativo que ao mesmo tempo “constitua um passado” e corteje uma arte de hoje. O processo que compromete a visibilidade da arte sob a responsabilidade desses museus guarda algumas singularidades reveladoras; pois expõe um trânsito de representações institucionais e para-institucionais; as quais se movem para criar uma rede de comunicação entre os “sujeitos que vivem os museus”. Na intenção de compreender como tais museus operam essas narrativas de suas memórias; por meio de suas coleções permanentes; depara-se com certas seleções; interpretações; celebrações e silêncios que voluntariamente ou não dão-nos pistas da complexidade gerencial que afeta os museus de arte contemporânea na atualidade. Para tanto foram analisados nove museus regionais brasileiros de arte fundados entre 1965 e 1995. A análise pautou-se por três elementos recorrentes na configuração dessas narrativas-de-si: os salões de arte; as exposições emblemas e os artistas-modelos.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UNB/HISTÓRIA
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 4.36 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: