Irmãos De Cor E De Fé: Irmandades Negras Na Parahyba Do Século Xix – Naiara Ferraz Bandeira Alves

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

Nesta pesquisa analisamos a atuação das Irmandades Negras na Província da Parahyba do século XIX no processo de sociabilização dos homens pretos. As irmandades são instituições religiosas que, para poderem funcionar precisavam da autorização do Estado e da Igreja. Seus integrantes apresentavam na Assembléia Legislativa Provincial um documento, denominado de Ordem de Compromisso, onde descreviam o estatuto e as intenções de sua confraria. Estes documentos foram uma de nossas principais fontes para realização deste trabalho, desenvolvido sob a perspectiva da História Cultural, com embasamento teórico nas discussões de Guinzburg (2002), sobre a circularidade cultural. As Irmandades eram fundadas com a intenção primordial de divulgação e promoção do culto de um santo padroeiro e para isso realizavam anualmente a comemoração de sua festa, com procissões, missas e homenagens com velas e toques dos sinos. Essas irmandades, entretanto, trazem em suas instituições uma ambigüidade que lhes é indissociável, já que foram implementadas como forma de submeter os negros escravos ou libertos às práticas religiosas oficiais, além de procurar divulgar a idéia de conformação promulgada pela Igreja Católica. Os negros, contrariando essa idéia, utilizaram-se das suas irmandades para reconstruir laços sociais, ou seja, tais espaços serviam para um processo de construção da liberdade. Dentro das irmandades desenvolvia-se uma política de ajuda mútua aos seus integrantes, com a qual socorriam seus irmãos em caso de doenças, de prisão, na hora da morte e na compra de cartas de alforria. Entre as principais atividades das irmandades podemos destacar os procedimentos desenvolvidos a partir da morte de um dos irmãos. A irmandade se responsabilizava por todo o processo que envolvia a realização de uma “boa morte”. Em tal processo o irmão falecido deveria ter direito a velório, cortejo, sepultamento (preferencialmente dentro da igreja da irmandade) e orações. Após o levantamento dessas características entre os diversos documentos trabalhados, concluímos que as Irmandades eram um espaço de luta e resistência, onde o homem negro procurava reorganizar-se socialmente, reintegrando-se à sociedade, assumindo papéis que não eram, exclusivamente, o de ser escravo.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFPB/J.P./HISTÓRIA
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 1.74 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Irmãos De Cor E De Fé: pdf
  • livro Irmãos De Cor E De Fé: baixar
  • livro Irmãos De Cor E De Fé: epub
  • livro Irmãos De Cor E De Fé: comprar
  • livro Irmãos De Cor E De Fé: online
  • livro Irmãos De Cor E De Fé: mobi
  • livro Irmãos De Cor E De Fé: download