Investigação De Fatores Ligados À Recuperação De Peso Em Mulheres No Pós-Cirúrgico Tardio De Gastroplastia Com Derivação Gástrica Em Y-De-Roux – Kelly Cristina Pagotto Fogaça

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

A cirurgia bariátrica é apontada como um dos mais efetivos; se não o único recurso terapêutico para obesidade mórbida. Entretanto; a recuperação de peso vem sendo foco de atenção nesses pacientes; especialmente após um ou mais anos de cirurgia; sendo que seus efeitos; magnitude e causas necessitam ser estudados. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a relação de fatores ligados ao consumo e gasto energético com a variação do peso corporal de mulheres em pós-cirúrgico tardio de Derivação Gástrica em Y-de-Roux (DGYR). Foi realizado um estudo transversal do qual participaram 45 mulheres; com idades entre 26 e 61 anos; operadas por derivação gástrica em Y-de-Roux há mais de 24 meses; assistidas na Clínica Bariátrica do Hospital Fornecedores de Cana; Piracicaba – SP. Foi avaliado o consumo alimentar e o gasto energético com atividades físicas a partir do recordatório de 3 dias; a taxa de metabolismo em repouso (TMR) por calorimetria indireta e as concentrações séricas de glicose; insulina e leptina. Para efeito de análise; as mulheres foram agrupadas quanto à recuperação de peso corporal (NR = não recuperação; R = recuperação > 10% do menor peso após a cirurgia); ao índice de massa corporal (IMC) em Não Obesas (NO – IMC < 30 kg/m²) e Obesas (O - IMC > 30 kg/m²) e pela percentagem da Perda do Excesso de Peso (PPEP) Baixa (PPEP < 50%); Moderada (PPEP entre 50% e 75%) e Alta (PPEP > 75%). Para a comparação dos resultados entre os grupos foram utilizados os testes de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis; seguido do teste de Dunn. As correlações entre as variáveis foram testadas pelo coeficiente de Spearman. As análises foram realizadas considerando um nível de significância de 5%. Não foi encontrada relação dos indicadores de perda e manutenção de peso (recuperação de peso; IMC e PPEP) e o consumo de nutrientes. O perfil geral de consumo alimentar não foi diferente entre as voluntárias; embora tenha sido observada correlação positiva entre o consumo de hidratos de carbono e o IMC (r=0;305; R²=0;093 e p=0;050). A TMR apresentou diferença significativa entre as mulheres quando classificadas pelo IMC; com medianas de 1043 kcal (NO) e 1286 kcal (O). Houve também diferença quando classificadas pela PPEP com medianas de 1355 kcal (PPEP Baixa); 1235 kcal (PPEP Moderada) e 1026 kcal (PPEP Alta). Os compartimentos corporais expressos em massa magra (MM) e massa gorda (MG) não foram diferentes entre as voluntárias segundo todos os critérios de classificações. O fator atividade física não diferiu entre os grupos e as concentrações de glicose; insulina e leptina foram proporcionais à massa corporal total; apresentando medianas de 76;3 mg/dL (NR); 79;6 mg/dL (R); 76;9 mg/dL (NO); 79;4 mg/dL (O); 80;9 mg/dL (PPEP Baixa); 78;3 mg/dL (PPEP Moderada) e 76;5 mg/dL; (PPEP Alta) para glicemia. As medianas de insulina foram 3;5 µU/mL (NR); 4;4 µU/mL (R); 2;4 µU/mL (NO); 5;4 µU/mL (O); 5;0 µU/mL (PPEP Baixa); 5;6 µU/mL (PPEP Moderada) e 2;3 µU/mL; (PPEP Alta); enquanto foram observadas medianas de leptina de 15;5 ng/mL (NR); 19;9 ng/mL (R); 11;9 ng/mL (NO); 19;9 ng/mL (O); 20;9 ng/mL (PPEP Baixa); 18;0 ng/mL (PPEP Moderada) e 11;9 ng/mL; (PPEP Alta). Concluiu-se que a variação do peso corporal após a cirurgia da obesidade não se relacionou com os fatores ligados ao consumo e gasto de energia avaliados e que a massa corporal é o principal elemento determinante da TMR e das concentrações de glicose; insulina e leptina.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UNESP/ARAR/ALIMENTOS E NUTRIÇÃO
  • Área de Conhecimento: NUTRIÇÃO
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 1.74 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Investigação De Fatores Ligados À Recuperação pdf
  • livro Investigação De Fatores Ligados À Recuperação baixar
  • livro Investigação De Fatores Ligados À Recuperação epub
  • livro Investigação De Fatores Ligados À Recuperação comprar
  • livro Investigação De Fatores Ligados À Recuperação online
  • livro Investigação De Fatores Ligados À Recuperação mobi
  • livro Investigação De Fatores Ligados À Recuperação download