Inversão Gravimétrica Do Relevo 3D De Bacias Sedimentares E Da Variação Da Densidade Usando Informação A Priori Sobre O Ambiente Geológico – Cristiano Mendel Martins

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

Apresentamos dois métodos de inversão gravimétrica para estimar simultaneamente o relevo 3D do embasamento de bacias sedimentares e os parâmetros que definem uma presumida lei parabólica de decaimento do contraste de densidade com a profundidade no pacote sedimentar, conhecendo-se a priori as profundidades do embasamento em alguns pontos. Em ambos, os métodos de inversão, o pacote sedimentar é aproximado por uma malha de prismas 3D verticais justapostos em ambas as direções horizontais do sistema de destro de coordenadas. As espessuras dos prismas representam a profundidade do embasamento e são os parâmetros a serem estimados a partir dos dados gravimétricos. Para produzir uma estimativa única e estável das profundidades do embasamento, nossos métodos usam dois diferentes funcionais regularizadores impondo dois vínculos distintos. O primeiro, chamado suavidade global, impõe uma suavidade geral na estimativa do relevo do embasamento usando o regularizador de Tikhonov de primeira ordem, enquanto o segundo método de inversão, chamado de variação total, permite estimar relevos do embasamento descontínuos usando o regularizador variação total. Para estimar os parâmetros que definem o decaimento parabólico do contraste de densidade com a profundidade e produzir estimativa estável do relevo do embasamento, impomos um funcional regularizador às estimativas de profundidades do embasamento e impomos a proximidade entre as profundidades estimadas e profundidades conhecidas por furos de sondagens. Aplicamos a inversão com suavidade global a dados sintéticos de uma bacia sedimentar simulada, possuindo um relevo complexo do embasamento e duas seções sedimentares tendo duas diferentes leis parabólicas de variação do contraste de densidade com a profundidade. Os resultados mostram boas estimativas do relevo do embasamento e dos parâmetros da lei parabólica do decaimento do contraste de densidade com a profundidade. Além disso, aplicamos a inversão com variação total a dados sintéticos de uma bacia extencional simulada, possuindo arcabouço estrutural fortemente controlado por falhas. A inversão com variação total delineou bem todas as falhas. Ambas as inversões, suavidade global e variação total, foram aplicadas aos dados gravimétricos da parte continental e marinha rasa da Bacia de Almada, Bahia, Brasil. A inversão com suavidade global delineou feições geológicas no relevo do embasamento que não são diretamente inferidas através da simples inspeção da anomalia gravimétrica. A inversão com variação total mapeou não só as falhas com grande rejeito vertical que controlam as bordas da Bacia de Almada, mas também as falhas com pequeno rejeito que controlam as feições estruturais do arcabouço da Bacia de Almada.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: ON/GEOFÍSICA
  • Área de Conhecimento: GEOCIÊNCIAS
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 6.81 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Inversão Gravimétrica Do Relevo 3D De pdf
  • livro Inversão Gravimétrica Do Relevo 3D De baixar
  • livro Inversão Gravimétrica Do Relevo 3D De epub
  • livro Inversão Gravimétrica Do Relevo 3D De comprar
  • livro Inversão Gravimétrica Do Relevo 3D De online
  • livro Inversão Gravimétrica Do Relevo 3D De mobi
  • livro Inversão Gravimétrica Do Relevo 3D De download