Interpretação Sísmica Dos Eventos Magmáticos Pós-Aptiano No Alto De Cabo Frio, Sudeste Do Brasil, Gênese E Relação Com Os Lineamentos Pré-Sal – Sérgio Goulart Oreiro

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

A plataforma continental da área de Cabo Frio; localizada no extremo SW da Bacia de Campos e extremo NW da Bacia de Santos; possui distintas feições em sua evolução tectono-sedimentar quando comparada com outras áreas das referidas bacias. Entre essas feições; destaca-se a presença de falhas antitéticas no embasamento e nas seções sedimentares sin-rifte e pós-rifte; além de eventos magmáticos marcantes no Neocretácio e Eoterciário; com clímax no Eoceno Médio. O presente trabalho mostra uma perspectiva histórica da percepção humana dos fenômenos magmáticos; desde as primeiras teorias míticas e teológicas da antiguidade; até o atual debate entre os que adotam ou não o modelo de plumas mantélicas. Tais informações são necessárias para um melhor entendimento das conclusões aqui apresentadas. A base de dados do presente estudo consiste de análises detalhadas de dados de sísmica; de satélite; de métodos potenciais (magnéticos e gravimétricos) e de poços. Amostras de diques básicos na península de Arraial do Cabo; situada na porção continental mais próxima do limite entre as Bacias de Santos e de Campos; foram coletadas para estudos geocronológicos. O estudo integrado de todos esses dados confirmou o resultado de pesquisas anteriores; as quais identificaram dois eventos magmáticos principais; um no Santoniano/Campaniano (~ 83 Ma) e outro no Eoceno Médio (~ 50 Ma). Há também evidências; em seções sísmicas; de edifícios vulcânicos formados durante o Albiano; o Maastrichtiano e o Paleoceno. As análises de dados de sísmica de relexão e de perfis de poços; na área de estudo; revelaram uma série de feições diagnósticas para eventos magmáticos; incluindo a distinção entre eventos intrusivos dos extrusivos; bem como de intercalações entre os mesmos e seqüências sedimentares epiclásticas. Eventos magmáticos extrusivos podem ser identificados; nas seções sísmicas; como sismofácies caóticas com topos bem definidos e bases mal definidas. Tais sismofácies são interpretadas como o resultado da intercalação de derrames submarinos de lavas com sedimentos epiclásticos e vulcanoclásticos; juntamente com feições de escorregamentos e soleiras rasas. A presença de cones bem delimitados também constitui evidência de magmatismo extrusivo. Diques e derrames de lava são reconhecidos por fortes reflexões positivas com terminações laterais abruptas. Diques mais espessos de diabásio originam zonas com fracas reflexões; delimitadas acima e abaixo por fortes reflexões. Os critérios apresentados nessa tese podem ser aplicados a quaisquer contextos em que haja eventos magmáticos intercalados com seqüências sedimentares. A assinatura sísmica de eventos não-magmáticos é também mostrada; tais eventos correspondem a diferentes feições geológicas que podem ser interpretados por geofísicos e geólogos como sendo de origem magmática. Entre tais eventos; os mais importantes são os evaporitos; os mounds turbidíticos; os vulcões de lama originados por escape de gás e depósitos carbonáticos. Serão apresentadas algumas interpretações para a gênese do magmatismo pós-Aptiano na área em epígrafe; interpretações essas que não levam em conta o modelo clássico de plumas mantélicas. O mapeamento dos principais diques alimentadores; em seções sísmicas 2D e 3D; revelou que tais diques têm uma orientação preferencial SE-NW; coincidente com o alinhamento da Zona de deformações Cruzeiro do Sul; a qual inclui os Montes Submarinos Jean Charcot e as construções vulcânicas no Alto de Cabo Frio e suas cercanias. Tal observação é coerente com as características das falhas de rejeito direcional; preexistentes e reativadas nas áreas continentais próximas; e com a orientação do componente transtensional das mesmas. Além disso; comprova-se que os maiores volumes de rochas magmáticas; intercaladas na seção sedimentar; estão localizados nas áreas de interseção entre duas zonas de falhas com direção SE-NW (falhas de rejeito direcional) e SW-NE (falhas normais). O mesmo acontece com os corpos alcalinos do alinhamento Poços de Caldas-Cabo Frio.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UERJ/ANÁLISE DE BACIAS E FAIXAS MÓVEIS
  • Área de Conhecimento: GEOCIÊNCIAS
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2006
  • Tamanho: 12.59 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Interpretação Sísmica Dos Eventos Magmáticos Pós-Aptiano pdf
  • livro Interpretação Sísmica Dos Eventos Magmáticos Pós-Aptiano baixar
  • livro Interpretação Sísmica Dos Eventos Magmáticos Pós-Aptiano epub
  • livro Interpretação Sísmica Dos Eventos Magmáticos Pós-Aptiano comprar
  • livro Interpretação Sísmica Dos Eventos Magmáticos Pós-Aptiano online
  • livro Interpretação Sísmica Dos Eventos Magmáticos Pós-Aptiano mobi
  • livro Interpretação Sísmica Dos Eventos Magmáticos Pós-Aptiano download