Interação Entre Tropidurus Semitaeniatus E Tropidurus Hispidus (Sauria: Tropiduridae) Em Uma Área De Caatinga Do Sertão Sergipano – Fabíola Fonseca Almeida Gomes

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

Espécies filogeneticamente próximas e que vivam em simpatria podem coexistir numa área desde que ocorram pequenas diferenças na utilização dos recursos espaciais, temporais e tróficos ou através da atuação de outros fatores como a predação e restrições fisiológicas que diminuam a competição de uma espécie sobre a outra. O presente trabalho foi estruturado na forma de dois capítulos, sendo o primeiro relacionado à forma com que Tropidurus hispidus e Tropidurus semitaeniatus utilizam os recursos espaciais, tróficos e temporais, bem como os possíveis mecanismos que permitem a coexistência das duas espécies na área Já o segundo capítulo traz informações sobre a biologia reprodutiva das duas espécies. O trabalho foi realizado na Unidade de Conservação Estadual Monumento Natural Grota de Angico (9º 41’S e 38º 31’W) entre dezembro de 2008 e novembro de 2009. Para a análise da partilha de recursos foi adotada a metodologia de busca ativa, com captura, marcação e recaptura dos lagartos em dois leitos de riachos e para a avaliação da dieta e da biologia reprodutiva os espécimes foram coletados em áreas diferentes daquelas anteriormente relatadas e encontram-se depositados na Coleção Herpetológica da Universidade Federal de Sergipe (CHUFS). Os lagartos foram geralmente encontrados parados sobre microhábitats rochosos e, com a aproximação do observador, corriam em busca dos mesmos abrigos (rochas). Com relação à distribuição vertical no ambiente, as duas espécies utilizaram posições semelhantes, normalmente abaixo dos 80 cm. Isto pode ser reflexo da pequena disponibilidade de poleiros mais altos nos locais. Tropidurus hispidus e T. semitaeniatus foram vistos normalmente em dias ensolarados, com um decréscimo em suas atividades nas horas mais quentes do dia, provavelmente de forma a evitar um superaquecimento e consequente morte. A forma de exposição ao sol ocorreu de modo equitativo entre as categorias (sol – mosaico – sombra) para as duas espécies, com uma discreta preferência por sol para T. semitaeniatus e uma discreta preferência por sombra para T. hispidus. No que se refere à dieta, a categoria de presa mais importante em termos de número foi formigas para as duas espécies seguidas de larvas de insetos para T. semitaeniatus e cupins para T. hispidus. Volumetricamente, os itens mais importantes para ambos os indivíduos foram as larvas de insetos seguidas por formigas. Correlações entre a disponibilidade de presas no ambiente e a dieta dos Tropidurus foram verificadas para os meses de seca, contudo nos períodos de maior pluviosidade Tropidurus semitaeniatus modifica seu hábito alimentar de forma a evitar competição interespecífica durante esse período. Uma forte relação também foi percebida quando se comparou a morfologia da cabeça de cada espécie com as dimensões das presas efetivamente consumidas pelos Tropidurus. Para T. semitaeniatus, a morfometria da cabeça sugere adaptação à ingestão de presas de maior largura, enquanto que para T. hispidus a adaptação é direcionada a presas de maior comprimento. Pequenas variações na disposição espacial, na morfologia dos aparatos tróficos e nas dietas, em alguns meses do ano, associadas a um controle dos números populacionais via predadores (em T. hispidus), são sugeridos como alguns dos prováveis mecanismos que permitem a coexistência das duas espécies na área de estudo. As espécies estudadas diferiram em tamanho, com T. hispidus possuindo maior porte. Provavelmente as diferenças estão relacionadas a distintas estratégias reprodutivas como defesa de territórios com tamanhos e posições diferenciados ou mesmo investimentos variados na produção de ovos. Tropidurus semitaeniatus geralmente produz até dois ovos por vez e T. hispidus seis. Os ovos mais volumosos estiverem presentes em T. semitaeniatus. O menor número de ovos em T. semitaeniatus pode ser adaptativo ao uso de fendas em rochas. Dimorfismo sexual também foi verificado para os Tropidurus, com machos sendo maiores que as fêmeas, independente da espécie. O maior porte dos machos pode favorecer a defesa de territórios e servir como um atributo de escolha adotado pelas fêmeas. Já as fêmeas direcionam mais energia para a produção dos ovos e menos para o crescimento. As espécies apresentaram reprodução contínua, possivelmente influenciada pela imprevisibilidade dos regimes de chuva na Caatinga. O maior acúmulo de reservas coincide com o período de menor pluviosidade. A maior eficiência na produção dessas reservas em forrageadores de espreita associados a custos mais baixos para sua manutenção podem ter contribuído para o resultado. Os meses com maior acúmulo de reservas precederam também o de maior proporção de indivíduos reprodutivos, com uma queda brusca no mês de abril (período chuvoso). Esta queda pode estar relacionada a um grande investimento na reprodução neste período pelas duas espécies ou pela diminuição dos itens alimentares mais utilizados pelas duas espécies no mesmo período.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: FUFSE/ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO
  • Área de Conhecimento: ECOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 4.69 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Interação Entre Tropidurus Semitaeniatus E Tropidurus pdf
  • livro Interação Entre Tropidurus Semitaeniatus E Tropidurus baixar
  • livro Interação Entre Tropidurus Semitaeniatus E Tropidurus epub
  • livro Interação Entre Tropidurus Semitaeniatus E Tropidurus comprar
  • livro Interação Entre Tropidurus Semitaeniatus E Tropidurus online
  • livro Interação Entre Tropidurus Semitaeniatus E Tropidurus mobi
  • livro Interação Entre Tropidurus Semitaeniatus E Tropidurus download