Inácio De Souza E Os Falsários Do Paraopeba: Minas Gerais Nas Redes Mundializadas Do Século Xviii – André Rezende Guimarães

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

Este trabalho busca abordar a logística de funcionamento de uma instalação clandestina para o fabrico de barras e moedas de ouro “falsas”, nos anos de 1720, em Minas Gerais, Brasil, e como sua operação se insere no universo cultural, social, político e econômico do mundo colonial daquela época. A fábrica ilícita foi montada no sítio de Boa Vista do Paraopeba, aos pés da atual serra da Moeda, município de Moeda (MG), encabeçada por Inácio de Souza Ferreira, mas contou com a participação, direta ou indireta, de dezenas de outros homens. O leque de envolvidos abrangeu escravos, índios, oficiais mecânicos, homens que trabalhavam ou que haviam trabalhado para o poder oficial – incluindo o próprio governador da região –, religiosos e vários outros habitantes das Minas, do Brasil e do globo. Para funcionar, o estabelecimento ilegal apoiou-se em experiências diversas que potencializaram ou influenciaram a operação técnica, o cotidiano social e as práticas culturais daquele locus, e, ao mesmo tempo, conectavam-no a um universo bem mais amplo temporal e espacialmente. Os homens envolvidos transitavam pela colônia e pelo oceano Atlântico e por esferas oficiais e não-oficiais, operando o trânsito e circulação de saberes, experiências e objetos por aqueles espaços. Balizaram-se pelo seu mundo material, pela geografia física e política local e pelas medidas régias que tentavam controlar a circulação e taxação do ouro das Minas, como foi a instalação das casas de fundições e cunhagens oficiais naquela região. Com o estabelecimento das fundições e cunhagens ilícitas, suas redes de operações, colaboradores e beneficiários, foi criado um verdadeiro espaço do ilícito, mas que não se desligou de seu contexto histórico. Ou seja, entender como esse empreendimento ilegal se relacionou a múltiplas variáveis e a múltiplos pólos de ação nos permite compreender melhor como pode ter se constituído e funcionado o universo colonial das Minas, inclusive em seu âmbito não-oficial.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFMG/HISTÓRIA
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 43.85 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Inácio De Souza E Os Falsários pdf
  • livro Inácio De Souza E Os Falsários baixar
  • livro Inácio De Souza E Os Falsários epub
  • livro Inácio De Souza E Os Falsários comprar
  • livro Inácio De Souza E Os Falsários online
  • livro Inácio De Souza E Os Falsários mobi
  • livro Inácio De Souza E Os Falsários download