Estudo Tafonômico De Afloramentos Contendo Vertebrados Fósseis Das Bacias Do Iguatu, Cretáceo Inferior, Nordeste Do Brasil. – Ana Emilia Quezado De Figueiredo

Estudo Tafonômico De Afloramentos Contendo Vertebrados Fósseis Das Bacias Do Iguatu, Cretáceo Inferior, Nordeste Do Brasil. – Ana Emilia Quezado De Figueiredo
Acessar

Resumo:

Alguns afloramentos das bacias de Icó; Malhada Vermelha e Lima Campos(Cretáceo Inferior); Estado do Ceará; foram estudados objetivando compreender os ambientes deposicionais onde foram preservados os fósseis de vertebrados.Estes fósseis encontram-se desarticulados e fragmentados; entre outras características. Através do levantamento destes dados; foi possível estabelecer modelos tafonômicos para cada afloramento; e; tentativamente; distinguir os diversos modos de preservação destes restos fossilizados. Observou-se que o padrão de formação destas tafocenoses está relacionado a ambientes altamente energéticos; como em depósitos relacionados a eventos de rompimento de diques marginais (crevasse splay); onde elementos que já se encontravam desarticulados eram transportados; causando a intensa fragmentação dos mesmos. modelos tafonômicos.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRGS/GEOCIÊNCIAS
  • Área de Conhecimento: GEOCIÊNCIAS
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 4.69 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: