Determinação Da Energia Inicial Em Tomografia Computadorizada Com Feixe De Prótons – Rodrigo Luis Da Rocha

Determinação Da Energia Inicial Em Tomografia Computadorizada Com Feixe De Prótons – Rodrigo Luis Da Rocha
Acessar

Resumo:

A tomografia computadorizada com prótons (pCT) mostrou-se vantajosa para a reconstrução da imagem quando a energia inicial escolhida é próxima à região do pico de Bragg, desde que o próton atravesse o objeto. Este efeito proporcionado pelo pico de Bragg possibilita a Tomografia Computadorizada com prótons, porém há dois efeitos que trabalham de maneira oposta, ao se diminuir a energia inicial com o conseqüente aumento da dose. Primeiramente a perda de energia do próton no objeto aumenta com a diminuição da energia inicial. Ao mesmo tempo, diminuindo-se a energia inicial ocorre um aumento do straggling, necessitando-se de um número maior de prótons. Neste trabalho a dependência da dose de radiação do próton em função da energia inicial foi determinada utilizando-se fórmulas analíticas e simulações computacionais. O estudo determinou que a dose de radiação praticamente não depende da energia inicial, exceto na região de energia muito próxima da energia mínima necessária para atravessar o objeto.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UTFPR/ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA INDUSTRIAL
  • Área de Conhecimento: ENGENHARIA BIOMÉDICA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 572.08 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: