Comportamento Mecânico De Alguns Tipos De Solo Através De Ensaios Triaxiais De Cargas Repetidas Para Projetos De Pavimentos Rodoviários – Danilo De Sá Viana Rezende

Comportamento Mecânico De Alguns Tipos De Solo Através De Ensaios Triaxiais De Cargas Repetidas Para Projetos De Pavimentos Rodoviários – Danilo De Sá Viana Rezende
Acessar

Resumo:

Este trabalho direcionou-se ao estudo do comportamento mecânico de solos quando utilizados como materiais rodoviários, compondo as camadas de subleito e reforço de subleitos de rodovia, tendo por objetivo principal determinar a deformação permanente e suas contribuições no surgimento das trilhas-de-roda em um pavimento flexível hipotético. Os solos utilizados foram extraídos de taludes de corte de rodovias da região de Viçosa, Minas Gerais, Brasil, nos quais foram realizados ensaios de caracterização geotécnica, compactação nas energias do Proctor normal e intermediário, ensaios triaxiais de cargas repetidas para a determinação do módulo de resiliência, segundo a norma AASHTO T 307-99, em diferentes teores de umidade de moldagem. Os resultados de módulo de resiliência foram utilizados no programa Everstress, para a determinação das tensões atuantes no pavimento em estudo. As tensões previstas no meio das camadas estudadas foram utilizadas no ensaio triaxial de cargas repetidas para a determinação das deformações permanentes. Essas deformações foram ainda obtidas empregando-se tensões outros níveis de tensão desvio. Os principais resultados desta tese foram: (i) desenvolvimento de um método que permitiu a estimativa do acúmulo de deformações permanentes das camadas de subleito e reforço do subleito (ii) propôs-se um modelo que correlacionou a deformação permanente com a tensão desvio e o número de aplicações de carga, que apresentou um bom ajuste aos resultados experimentais, mostrando-se adequado para estimativa desta propriedade mecânica dos solos (iii) estudou-se a correlação entre as deformações permanentes com a tensão desvio, número de aplicações de carga, teor de umidade e peso específico aparente seco que apresentou ajustes razoáveis aos dados experimentais (iv) avaliou-se o módulo de resiliência a partir dos dois modelos que apresentaram melhor ajuste aos dados experimentais, mostrando que pode-se obter resultados significativamente diferentes de acordo com o modelo utilizado.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFV/ENGENHARIA CIVIL
  • Área de Conhecimento: ENGENHARIA CIVIL
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 3.63 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: