Cidadão-Fonte Ou Cidadão-Repórter? O Engajamento Do Público No Jornalismo Colaborativo Dos Grandes Portais Brasileiros – Francisco Bennati Madureira

Cidadão-Fonte Ou Cidadão-Repórter? O Engajamento Do Público No Jornalismo Colaborativo Dos Grandes Portais Brasileiros – Francisco Bennati Madureira
Acessar

Resumo:

O jornalismo colaborativo ganhou seus primeiros reflexos no Brasil durante a primeira década dos anos 2000. O fenômeno parte do princípio que qualquer cidadão é um jornalista em potencial, e pode contribuir para a construção do noticiário. Para avaliar se a prática foi adotada com o mesmo grau de abrangência que em iniciativas internacionais, empreendemos análise do conteúdo colaborativo publicado nos grandes portais brasileiros, concentradores de tráfego da Internet no país, e entrevistamos jornalistas e publishers destes veículos. Os dados obtidos pelo estudo indicam que o internauta brasileiro que participa dos serviços colaborativos dos grandes portais ainda se concentra na atividade do registro flagrante, primeiro degrau de colaboração. A checagem dos fatos, a apuração e o trabalho de edição verificado no noticiário participativo ainda são objetivos a atingir.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: USP/CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO
  • Área de Conhecimento: COMUNICAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 2.79 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: