Catador Não É Lixo, Não! Catador É Lixo, Sim!: O Caso Acata Ijuí – Nadia Scariot

Catador Não É Lixo, Não! Catador É Lixo, Sim!: O Caso Acata Ijuí – Nadia Scariot
Acessar

Resumo:

Na atualidade; o quadro manifesto de exclusão social; decorrente da precarização dos processos de trabalho e da redução do Estado de Bem-estar Social; acentuou-se; disseminando a pobreza e as desigualdades sociais; obrigando milhares de trabalhadores a assegurarem sua sobrevivência nas sobras descartáveis da sociedade capitalista: no lixo. Neste contexto emergem diversas formas de organizações populares; como o associativismo; que ressurge como proposta de ser; e de se refazer; uma “outra economia”; baseada nos princípios da cooperação; solidariedade e autogestão. O objetivo em pesquisar o processo de formação e organização de uma associação de catadores de materiais recicláveis era compreender como se moveriam; neste novo espaço; sujeitos marcados pela pobreza; em um processo contínuo de exclusão; considerados indisciplinados; sem uma subjetividade afirmada; constituídos sob a tutela das políticas públicas e que a partir de seu ingresso neste empreendimento; que conta a assessoria da Incubadora de Economia Solidária da UNIJUÍ; foram desafiados a assumirem responsabilidades e a decidirem sobre questões que lhes colocaram em outro patamar: passarem de seres assujeitados; desestruturados psicológica e socialmente; a sujeitos políticos e atuantes na associação; comprometidos com as mudanças sociais; características estas que; de um modo geral; não foram incorporadas por estes trabalhadores no decorrer de suas vidas. A pesquisa se constitui num Estudo de Caso da experiência da ACATA Ijuí; em Ijuí-RS; em que a observação participante; a partir de reuniões quinzenais; visitas domiciliares; conversas informais e as entrevistas compuseram o material analisado. Os dados levantados demonstraram a dificuldade de estes trabalhadores ultrapassarem a indisciplina; a falta de persistência e a lógica neoliberal de competição e hedonismo que os constituiu. Verificou-se; ainda; uma forte dependência destes em relação à Incubadora e uma instabilidade nas suas relações; o que não possibilitou a formação de um grupo; pois os princípios de cooperação e solidariedade; necessários ao bom andamento de um empreendimento que se pretende autogestionário não puderam ser observados na Associação.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UNIJUÍ/EDUCAÇÃO NAS CIÊNCIAS
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 766.40 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: