Aplicação Via Fertirrigação De Soluções Com Diferentes Condutividades Elétricas Para Produção De Gérbera (Gerbera Jamesonii L.) Sob Ambiente Protegido – Poliana Rocha D’Almeida Mota

Aplicação Via Fertirrigação De Soluções Com Diferentes Condutividades Elétricas Para Produção De Gérbera (Gerbera Jamesonii L.) Sob Ambiente Protegido – Poliana Rocha D’Almeida Mota
Acessar

Resumo:

O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a aplicação, via fertirrigação, de soluções com diferentes condutividades elétricas, bem como seu monitoramento e controle, no desenvolvimento e qualidade de cultivares de gérbera (Gerbera jamesonii L.) em vaso, como meio de indicar a melhor concentração de sais a ser aplicada. O experimento foi conduzido sob cultivo protegido no Departamento de Recursos Naturais/Ciência do Solo da Fazenda Experimental Lageado, pertencente à Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP – Campus de Botucatu, município de Botucatu, Estado de São Paulo. Adotou-se o delineamento experimental em blocos casualizados com quatro repetições em esquema fatorial constando de cinco níveis de condutividade elétrica (CE) e dois cultivares em cada ciclo, totalizando quarenta parcelas. Os níveis de CE (soluções) foram: 0,5; 2,0; 3,5; 5,0 e 6,5 dS m-1, e o monitoramento da concentração de sais da solução do substrato na zona radicular das plantas foi realizado por meio da retirada da solução com extratores, duas vezes por semana. Durante o período de condução de cada experimento foi avaliado o pH, área foliar, fitomassa seca, quantidade de botões florais, teor e acúmulo de macro e micronutrientes na parte aérea da planta e teor de macro e micronutrientes na folha diagnóstico, concentração de nitrato na seiva da folha, concentração de nitrato e potássio na solução do substrato e intensidade de cor verde. Ao final do experimento foram avaliadas a fitomassa seca e o teor e acúmulo de macro e micronutrientes na parte aérea de plantas consideradas no ponto de comercialização e a classificação das plantas quanto à qualidade. Para as análises pósprodução foram avaliadas as seguintes variáveis: altura de plantas no início e ao final do experimento pós-produção, diâmetro da superfície foliar do vaso, número de folhas, tamanho da folha, número de inflorescências, diâmetro da haste floral, diâmetro de inflorescências por planta e número de dias necessários para a planta atingir o ponto de comercialização. O extrator de solução mostrou ser uma excelente ferramenta para auxiliar na avaliação da CE da solução do substrato tornando possível o monitoramento da concentração de sais. As plantas do cultivar Cherry que receberam 3,5 dS m-1 de CE e 5,0 dS m-1 para o cultivar Golden Yellow no primeiro experimento e CE de 3,5 dS m-1 para o cultivar Cherry e Salmon Rose no segundo, apresentaram-se com a maior eficiência na absorção e aproveitamento dos nutrientes e melhores características quanto ao aspecto visual de qualidade quanto ao aspecto visual no momento da comercialização.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UNESP/BOT/AGRONOMIA (IRRIGAÇÃO E DRENAGEM)
  • Área de Conhecimento: AGRONOMIA
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 5.67 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: