A Gênese Do Conceito De Liberdade No Pensamento De Thomas Hobbes – Marcelo Martins Bueno

A Gênese Do Conceito De Liberdade No Pensamento De Thomas Hobbes – Marcelo Martins Bueno
Acessar

Resumo:

Pretende-se; com o presente trabalho; oferecer uma análise e uma interpretação da origem do conceito de liberdade no pensamento de Thomas Hobbes; à luz da ciência nascente do século XVII. O texto se inicia dando um panorama da história da ciência; destacando os principais pontos da física aristotélica; que será o grande alvo da nova ciência; passando pelos medievais até culminar com a Revolução Científica. Neste aspecto; realizar-se-á um recorte exclusivamente no campo da física e; mais precisamente ainda; na conceituação de movimento no pensamento de Galileu Galilei e Descartes que Hobbes tomará como paradigma para sua filosofia. Da apropriação da tradição da ciência moderna; mais objetivamente das reflexões sobre o movimento que resultou no princípio de inércia; serão identificados os principais pontos na teoria política do filósofo inglês; principalmente no que se refere à concepção de liberdade; como sendo moldada nos ideais daquela nova maneira de encarar o conhecimento. Para tanto; a partir da leitura de comentadores do autor; verificar-se-á; num primeiro momento; se Hobbes foi ou não influenciado pelas novas descobertas da ciência setecentista; que em tese admite-se que sim; e desta premissa compreender como foi tratado o problema da liberdade nas obras do teórico político inglês. Tendo a nova ciência como paradigma; será demonstrado como o conceito de liberdade está em sintonia com a concepção de movimento daquele período; uma vez que liberdade; para Hobbes; significa a ausência de oposição; identificando; desta forma; a gênese deste conceito como resultado das reflexões que ocorreram sobre o movimento no século XVII. Destacando o conceito de liberdade e entendendo-a como um tema complexo; objetivase compreender como o autor dará conta da vida dos homens em sociedade; com todas as limitações impostas por um Estado; que necessariamente precisa ter seus poderes ilimitados para garantir a paz e a segurança e mesmo assim assegurar as liberdades individuais. E nesta perspectiva; compreender que; para Hobbes; o Estado é fruto da criação humana; ou seja; artificial; e necessariamente precisa-se ter um poder maior para que de fato a sociedade seja organizada e a liberdade garantida. Assim; o poder monárquico e ilimitado proposto por Thomas Hobbes deve ser entendido como resultado de uma vontade geral; isto é; não se trata aqui de realizar a vontade dos indivíduos; mas que os representantes políticos agissem para realizar a vontade da unidade dos indivíduos; ou seja; o Estado deve ser compreendido como criação dos indivíduos para sua representação. Por isso; a teoria política proposta pelo pensador deve ser entendida não simplesmente como absolutista; pois trata-se de uma verdadeira teoria da soberania

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: PUC/SP/FILOSOFIA
  • Área de Conhecimento: FILOSOFIA
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 627.24 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro A Gênese Do Conceito De Liberdade pdf
  • livro A Gênese Do Conceito De Liberdade baixar
  • livro A Gênese Do Conceito De Liberdade epub
  • livro A Gênese Do Conceito De Liberdade comprar
  • livro A Gênese Do Conceito De Liberdade online
  • livro A Gênese Do Conceito De Liberdade mobi
  • livro A Gênese Do Conceito De Liberdade download