8 Vampiros Mais Assustadores da Literatura

8 Vampiros Mais Assustadores da Literatura

Os personagens mais antigos do gênero de terror continuam a assustar, então tenham sempre nas mãos o alho, água benta, cruz e a estaca.

Nossa obsessão por vampiros é fascinante: é por causa de sua forma humana, ou de sua natureza sedutora, ou de sua aura misteriosa? Embora nunca possamos identificar por que nossa cultura é tão apaixonada pelas criaturas míticas do gênero de terror, podemos dizer com segurança que eles continuam a nos assustar. Continue lendo para descobrir nossas escolhas para os oito vampiros mais assustadores da literatura.

Os vampiros fascinam o público há décadas por meio de filmes de terror, programas de TV e até mesmo séries de livros sobre vampiros. Esses personagens malucos são um pilar quando se trata do Halloween, já que suas personalidades podem variar entre o mal e totalmente encantador. Eles podem até fazer você se perguntar: “Os vampiros são reais?” Na maioria dos contos, o vampiro é um personagem complexo que se apaixona por um mortal e não pode deixar de complicar sua vida cotidiana. Outras vezes, porém, eles são o inimigo e devem ser parados a qualquer custo. Não importa sua natureza, na maioria das vezes alguém acaba com sangue em suas presas (tinha que). Existem muitos filmes de vampiros assustadores e divertidos por aí, mas muitos desses livros sobre vampiros são a inspiração para os filmes que te deixam acordado à noite. Portanto, se você for realmente corajoso, deve deixar o controle remoto de lado e se familiarizar com esses viradores de página. Quer você acredite nos mortos-vivos ou apenas um superfã de autores como Stephen King e Stephenie Meyer, há facilmente algo para você cravar seus dentes aqui. Pegue uma estaca de madeira e um pouco de alho, porque é hora de mergulhar nesta coleção dos melhores livros de vampiros de todos os tempos. E lembre-se: nunca convide um estranho com dentes afiados para sua casa – especialmente por volta de 31 de outubro!

Desde a relatada reinicialização de Buffy the Vampire Slayer ao sucesso explosivo de Twilight, não há dúvidas sobre isso: os vampiros estão “na moda” agora. Ao mesmo tempo perigosos, sanguinários e sensuais, os vampiros são os vilões perfeitos para hipnotizar os protagonistas e os leitores.

Mas há muito mais neste gênero em expansão do que apenas Edward Cullen. Esperançosamente, este post irá mostrar a profundidade emocionante e a complexidade ondulante dos vampiros na ficção. Leia mais de 30 dos melhores livros de vampiros para você devorar.

Além dos vampiros de energia, o mundo dos mortos-vivos permaneceu amplamente fictício. Mas, como sugere a popularidade do gênero de fantasia, como leitores, temos uma inclinação natural para todo e qualquer paranormal. Este fascínio deu lugar a incontáveis ​​filmes de vampiros, programas de televisão de sucesso (Vampire Diaries ou True Blood, alguém?) E, claro, há Twilight. E muitos desses filmes começaram com romances.

Os livros sobre vampiros a seguir são criativos e muitas vezes verossímeis, com uma série de autores criando suas próprias séries evocativas que dão profundidade aos sedentos de sangue. Nós encontramos alguns dos livros de vampiros mais celebrados, de romance e terror, a clássicos de fantasia e romances para jovens adultos, que irão enviar um arrepio na espinha e fazer você virar essas páginas mais rápido do que você pode dizer “Team Edward ou Team Jacob ?”

Livros de vampiros que você precisa ler agora:

1. Carmilla: A Vampira de Karnstein, de Sheridan Le Fanu

Carmilla: A Vampira de Karnstein, de Sheridan Le Fanu

Cerca de quinze anos antes de Drácula, um livro sobre vampiros marcou a literatura gótica e estabeleceu-se entre os clássicos de horror: Carmilla, de Joseph Sheridan Le Fanu. Aliás, não um livro sobre vampiros, sobre “a vampira”. A lasciva personagem que dá título ao conto tornou-se uma das mais impactantes figuras do imaginário vampiresco na história.

A obra é narrada por Laura, jovem que vive isolada com o pai em um castelo na Estíria – região do antigo império austro-húngaro. Uma hóspede inesperada, entretanto, despertará os sentimentos amorosos da jovem Laura, ao mesmo tempo que lhe causará certo terror ao trazer de volta antigos pesadelos da infância. 

Carmilla é um conto sobre sedução e horror, criaturas ancestrais e o despertar da maturidade, amor e repulsa. Um clássico excitante para os amantes do gênero.

Comprar Livro na Amazon

2. O Beijo das Sombras, de Richelle Mead

O Beijo das Sombras, de Richelle Mead

Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi — os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade.Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola.Mas isso é só o começo. Em O beijo das sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?”Misterioso, único e encantador, com um final tão surpreendente que só os detetives mais sagazes poderiam deduzir.”— Publishers Weekly”O sedutor romance de estreia de Richelle Mead une intrincados elementos de fantasia a um cenário contemporâneo, repleto dos temas típicos da juventude e de um rico elenco de personagens.”— Booklist

Comprar Livro na Amazon

3. Entrevista com o Vampiro, de Anne Rice

Entrevista com o Vampiro, de Anne Rice

Quando Anne Rice começou a escrever um romance sobre vampiros, no final dos anos 60, pensava estar apenas utilizando seu repertório de tradições de Nova Orleans e as histórias de terror vitorianas que lia quando menina. Logo ela percebeu que os personagens que estava criando eram fortes, expressivos, e um canal perfeito para a projeção de suas próprias tragédias e angústias.

Entrevista com o vampiro rapidamente se transformou num dos grandes fenômenos cult de nosso tempo. Mistura equilibrada de elementos góticos com erotismo, de modos modernos com narrativa romântica, de extrema crueldade com paixões arrebatadoras, o livro revela em ritmo febril um mundo de vampiros em permanente dilaceramento interno, empenhados em orgias inconfessáveis de vida e morte.

O romance apresenta o vampiro Lestat, ousado, sedutor, um tanto sórdido, pronto para destruir mitos, nem que para isso desencadeie assassinatos em massa. Prosseguem com Lestat em sua saga, Louis, o “entrevistado” deste primeiro livro, e Armand, seu amigo. O quarto personagem fundamental de Entrevista com o vampiro é uma criação surpreendente de Anne Rice: a vampirazinha Cláudia, mescla de inocência e maldade infantil.

Entrevista com o vampiro não é um livro de terror. É, isto sim, um retrato provocante de uma época de vertiginosa vampirização em todos os meios e sob todas as formas. É também a prova real de que é possível fazer ficção de alta qualidade com qualquer tema, desde que nele se injete o sangue que Anne Rice faz correr nas veias de sua obra de estreia.

Comprar Livro na Amazon

4. Aqueles que Caçam a Noite, de Barbara Hambly

Aqueles que Caçam a Noite, de Barbara Hambly

Aqueles que caçam a noite é um romance de terror/mistério de 1988 da escritora americana Barbara Hambly. Foi publicado pela primeira vez em brochura pela editora britânica Unwin Paperbacks em novembro de 1988 sob o título Immortal Blood. A primeira edição americana foi publicada em capa dura pela Del Rey / Ballantine em dezembro de 1988 sob o título Aqueles que caçam a noite, que foi usado em todas as edições subsequentes em inglês; uma edição em brochura da mesma editora em julho de 1989, e foi reimpressa em maio de 1991 e outubro de 1995. Uma edição do clube do livro foi publicada por Del Rey em conjunto com o Clube do livro de ficção científica em junho de 1989. Uma edição ebook foi publicada pela Open Road Integrated Media em março de 2011. O romance também foi traduzido para o francês. O romance ganhou o Locus Poll Award de 1989 de Melhor Romance de Terror.

Comprar Livro na Amazon

5. Deixa Ela Entrar, de John Ajvide Lindqvist

Deixa Ela Entrar, de John Ajvide Lindqvist

Exibido pela primeira vez no Brasil na 33a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, em 2009, o filme sueco Deixa ela entrar é um fenômeno cult. Conquistou prêmios em mais de quarenta festivais pelo mundo e foi refilmado por Hollywood (Deixe-me entrar é a versão americana, de 2010). Concebida por John Ajvide Lindqvist, a história que deu origem ao filme foi publicada em 2004 na Suécia, onde se tornou best-seller instantâneo, lançada em mais de 30 países, e agora é publicada no Brasil pela Globo Livros.

Trata-se de uma das mais perturbadoras ficções de terror dos últimos tempos. Grande parte de seu impacto se deve à originalidade com que Lindqvist aborda a seara do vampirismo. Vários elementos dessa literatura estão presentes – a começar pelo título, que faz referência à crendice de que vampiros só podem entrar em lugares para os quais são convidados –, porém ambientados no mais cru realismo. No enredo, Oskar, um garoto de doze anos, vive com a mãe no subúrbio de Estocolmo, na década de 1980. Solitário e alvo de bullying na escola, passa o tempo lendo e colecionando notícias sobre serial killers e planejando se vingar de seus perseguidores. No entanto sua rotina é alterada quando uma garota de doze anos, Eli, se muda para o apartamento ao lado. Uma profunda identificação aproxima o menino a Eli, ao mesmo tempo em que a vizinhança passa a ser assolada por uma onda de mortes misteriosas.

Muito mais que sustos, o livro de Lindqvist desperta os horrores de quem tem de passar da infância para a maturidade em circunstâncias adversas e em um cenário opressivo. Com habilidade, o autor recorre a um registro naturalista, temperado de referências à cultura pop, para desenvolver uma história em que os medos são despertados tanto por elementos sobrenaturais quanto pela realidade concreta.

Comprar Livro na Amazon

6. Sonho Febril, de George R. R. Martin

Sonho Febril, de George R. R. Martin

Uma reinvenção original e fascinante das histórias de vampiros pelas mãos do mestre da fantasia moderna George R.R. Martin. Quando o falido capitão Abner Marsh recebe uma oferta de sociedade de um rico e sinistro aristocrata chamado Joshua York, ele até chega a desconfiar que algo está errado. Mas nada que a possibilidade de receber milhares de dólares em ouro e construir o barco dos seus sonhos não possa fazê-lo mudar de ideia. Assim surge o Sonho do Fevre, o melhor e mais potente barco de todo o Mississipi. Uma embarcação magnífica que, ao navegar pelo rio, vai deixando pelo caminho uma coleção de histórias sombrias. Movido pela força do vapor, o Sonho do capitão pode se transformar no maior pesadelo da humanidade. Sobre o autor: George R. R. Martin nasceu em 1948 em New Jersey e freqüentou a universidade em Chicago. Publicou sua primeira a história de ficção científica, The Hero, em 1971, e logo se firmou como escritor de rara qualidade, ganhando três Hugos, dois Nebulas e o Prêmio Bram Stoker. Passou dez anos em Hollywood escrevendo roteiros e como editor de histórias nos seriados de tevê The Twilight Zone (no Brasil, Além da Imaginação) e Beauty and the Beast – neste último como roteirista e produtor. Depois, iniciou sua fantástica série As Crônicas de Gelo e Fogo, que até agora conta com os títulos A Guerra dos Tronos, A Fúria dos Reis, A Tormenta de Espadas, O Festim dos Corvos e A Dança dos Dragões.

Comprar Livro na Amazon

7. O Vampiro, de John William Polidori

O Vampiro, de John William Polidori

Aubrey, um jovem rapaz inglês, conhece um estranho homem chamado Lord Ruthven e o acompanha em uma viagem. Em certo momento, os dois são atacados por bandidos e Ruthven acaba ferido mortalmente. Antes de morrer, Ruthven pede a seu amigo que não fale nada nada sobre sua morte durante um ano e um dia. Apesar de achar estranho, Aubrey atende ao pedido e regressa a Londres. Durante a viagem, ele se dá conta de que todas as pessoas com quem Lord Ruthven tinha algum envolvimento morriam tragicamente. Após essa constatação, Aubrey descobre que sua irmã está noiva de um homem e, surpreendentemente, esse homem é… Lord Ruthven!

Com apresentação de Luiz Antonio Aguiar, este conto faz parte do livro “Góticos: Contos Clássicos – Vampiros, Múmias, Fantasmas e Outros Astros da Literatura de Terror”, primeiro volume da Coleção Góticos.

Comprar Livro na Amazon

8. Drácula, de Bram Stoker

Drácula, de Bram Stoker

Bram Stoker é o criador genial de uma das mais famosas e horripilantes histórias de terror de todos os tempos. Drácula é uma história de vampiros e lobisomens, de criaturas que estando mortas permanecem vivas. Baseado no folclore da Transilvânia e num personagem real (o rei Vlad, o Empalador), redigiu um relato que tem assombrado gerações consecutivas de leitores, transformando-se num mito adaptado para o cinema, quadrinhos e TV, talvez o mais significativo destes últimos dois séculos. Na história, um jovem inglês é mantido em cativeiro, à espera de um destino terrível. Longe dele, sua noiva bela e jovem é atacada por uma doença misteriosa que parece extrair o sangue de suas veias. Por trás de tudo, a força sinistra que ameaça suas vidas: Conde Drácula, o vampiro vindo do fundo dos séculos.

Comprar Livro na Amazon